sábado, 28 de abril de 2012

Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças

 A união de Michel Gondry e de Charlie Kaufman, e suas capacidades de criar obras que com cenários e roteiros fogem de todo lugar comum, fez surgir um dos filmes cult's mais celebrados da última década.
 Falamos de Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças, de 2004, uma obra em que os acima citados despejam toda sua imaginação criadora num enredo que cativa o espectador, assim como pelas personagens. Joel (Jim Carrey), após descobrir que sua esposa, Clementine (Kate Winslet), contratou os serviços de uma empresa para apagá-lo de sua mente, faz o mesmo. Ele recolhe todos os objetos que lembram ou que remetem à lembrança de sua ex e se submete à sessão. O porém é que, no meio da sessão, quando está desacordado portanto, Joel se arrepende de tal decisão e tenta enviar esse sinal para os ''apagadores de mente''. A história quase toda acontece nos labirintos da mente de Joel, intercalando com a realidade.
 Jim Carrey prova aqui que, para ser comediante, antes tem de ser um ótimo ator dramático. Mas podemos dizer que ele é ofuscado por Kate, que brilha e aparece mais que a todos os demais. Mark Ruffalo também atrai atenções em um das personagens secundárias.
 Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças é absurdo, com cenários inusitados e diálogos pra lá de criativos. O ponto alto da carreira de Kaufman.


Download

Um comentário:

  1. Olá.
    Gostei muito desse seu espaço de leitura e entretenimento, parabéns.
    Estarei passando por aqui sempre que puder.
    Até mais e um ótimo fim de semana pra você.

    ResponderExcluir